Deu match? Dia 12 está aí…

O dia 12 de junho se aproxima e algumas de vocês já estão ouvindo Adele desde agora… Hello, It’s me… ou, se você já encontrou a sua cara metade, está se perguntando como presentear o ser amado. Vamos ajudar a todas vocês, seja na diversificação da playlist ou na escolha/compra do presente.

Culturalmente no Brasil, o Dia dos Namorados é comemorado um dia antes do dia do santo casamenteiro, Antônio. Já em grande parte do restante do globo a data escolhida é 14 de fevereiro no dia de São Valentino ou o Valentine’s Day dos americanos, um santo devotado à ideia do amor. Praticamente ambos têm a mesma “função”.

O intuito é trazer a vocês opções sobre o que fazer, comprar e onde ir no Dia dos Namorados. Começaremos com dicas para quem não tem um cobertor de orelhas, afinal a pressa é maior pra quem espera.

Agora que você já colocou o pobre do santo de ponta cabeça em um copo com água e prometeu tirar ele só no momento em que o príncipe aparecer em um cavalo branco, já podemos ir para as próximas fases.

Triste dizer, mas, este ano o dia 12 cai em um domingo, ou seja, aquela balada massa não abre, a TV não será sua amiga neste dia, a internet estará minada de troca de caricias e declarações de amor, o shopping fecha mais cedo e brigadeiro não é saída. A opção é juntar as amigas e curtir um bom filme.

Apesar do drama não ser nem um pouco leve, “O Lado Bom da Vida” é um filme otimista, que ensina a superar as perdas pessoais com a ajuda do outro. Além disso, é protagonizado por uma dupla mais do que querida: Bradley Cooper e Jennifer Lawrence. Ah, foi com esse filme que ela ganhou seu primeiro Oscar! Foi aí que ela caiu vestindo um Dior mas, “até eu queria cair vestindo um Dior”.

Na playlist da semana, (se você gosta) nada de sertanejo, isso não vai te trazer boas lembranças. A dica são músicas que te colocam pra cima. Deixa a Bey que mora em você convocar “All The Single Ladies” e corra pra o melhor sushi bar da cidade.

E no final, se tudo der errado, amanhã é segunda-feira!

Crédito: Paulo Ternoski

Namorados, maridos e afins, normalmente dizem que qualquer coisa é presente, mas, bem lá no fundo ficam idealizando o que virá em um pacote difícil de ser aberto. Deixe o jantar por conta dele afinal, na minha opinião, o romantismo depende mais dele do que de você.

Dispense o ímpeto de dar roupas, a maioria dos homens não se liga tanto assim em novas do peças para o closet. O mesmo vale se você estiver engatando em relacionamento: a pessoa pode achar que você a considera mal arrumada. Se este for o caso, o auxilio pode vir em outro momento. Peças de decoração como aviões, mortos, bicicletas e quadros é uma boa pedida para quem está começando. São baratos e servem como lembrança.

Crédito: Fernando Lima

Pra quem já começou faz tempo, você certamente saberá o que comprar. Eles sempre deixam bem claro o que querem. Tente não comprar o que ele precisa, mas o que ele quer ganhar. O que é, de fato, necessário ele comprará de uma forma ou de outra e o que ele realmente quer, vai ficar para depois. Livros, carteiras, bolsas, aquela jaqueta da Gucci que todo mundo quer, ou algo mais singelo e ligado à natureza como rafting, rapel, aquela aula de escalada ou aquele plano de seis meses no crossfit podem surpreender o gato.

Boa sorte e Feliz Dia dos Namorados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu endereço de email não será publicado.